Tendências

Lar Office Lar: como se adaptar ao home office

Se antigamente o home office era um benefício concedido pela empresa como “amanhã, você pode trabalhar em casa”, a pandemia causada pela COVID-19 trouxe outra realidade. Apesar de ouvirmos sobre o novo coronavírus (SARS-COV-2) desde dezembro de 2019, quando houve o alerta dos órgãos de saúde sobre os primeiros casos em Wuhan (China), a maioria de nós não estava preparada para uma quarentena tão longa.  

Antes, um local que era utilizado apenas para assistir filmes, comer, reunir amigos, ler livros e descansar, deu espaço à reuniões por vídeo, ligações, elaboração de planilhas, apresentações, treinamentos e entrevistas.  

A essa altura, talvez, seu chefe já conheça seu filho, que entrou sem querer no quarto, seu cachorro que não para de latir e os quadros da sua sala. Não estávamos acostumados com essa “intimidade”. Nunca estivemos tão distantes e ao mesmo tempo tão perto de nossos colegas de trabalho. 

Trabalhar em casa é um desafio, mas tudo isso pode ser encarado de uma forma mais leve e tranquila se conseguirmos organizar o nosso espaço e nossa rotina de maneira eficiente. 

Neste artigo, você vai saber mais sobre:  

  • As adaptações necessárias;  
  • A escolha do ambiente para o home office;  
  • Como fazer home office cuidando da mente;  
  • Ferramentas que contribuem com a produtividade;  
  • Como fica o home office no pós-pandemia.  

As adaptações necessárias

Cada casa tem sua peculiaridade. O home office não é igual para todos, principalmente por vivermos em um país com muitas desiguldades, e sabemos que enquanto há pessoas com condições de montar um escritório completo em casa, outras estão disputando a cadeira da mesa de jantar.  

Uma pesquisa realizada pela Fundação Getúlio Vargas (FGV) indica que, para 56% dos entrevistados, manter o equilíbrio entre as atividades profissionais e as pessoais tem sido uma tarefa difícil. Pensando nisso, nós criamos este artigo para que você possa organizar a sua rotina e ter mais qualidade de vida durante a jornada de trabalho em casa.  

A escolha do ambiente para o home office

Em um mundo perfeito, ter um cômodo separado para ser o seu escritório em casa seria ideal. No entanto, a pandemia reuniu todos os membros da família de uma só vez, gerando uma certa disputa por quem fica com o melhor espaço.  

É possível organizar a rotina e a área de trabalho da família toda em uma casa ou apartamento com poucos cômodos?  

Sim! É possível. Antes de qualquer coisa, se todos os adultos estão trabalhando em casa, o mais indicado é que cada um tenha o seu próprio espaço de trabalho, criando o senso de rotina, o que facilita a concentração e o foco. Enquanto um escolhe ficar na sala, o outro pode optar pelo o quarto e vice-versa, assim um não atrapalha as atividades do outro.  

Sugestão de móveis

Com o espaço de cada um definido, é hora de providenciar uma mesa e uma cadeira adequada. Atualmente, têm modelos compactos e até desmontáveis, que cabem em qualquer cantinho. Então, nada de aproveitar a mesa de jantar ou sofá.  

Lembre-se: o home office está vindo para ficar, e a tendência é que este novo formato de trabalho faça cada vez mais parte da nossa realidade. O quanto antes nós diferenciarmos o local de trabalho, agora dentro de casa, do local de lazer que também é dentro do nosso lar, melhor para o nosso cérebro.  

Ah, e não podemos esquecer das crianças. Elas passaram a ter aulas virtuais e também vão precisar de um espaço adequado para os estudos. Neste contexto, a adaptação deverá ser no quarto delas. Invista tempo ensinando-as a não ficar na cama durante as transmissões de conteúdo on-line. Às vezes, uma cadeira diferente, um quadro de avisos, ou porta canetas já são suficientes para estimulá-las a usar a escrivaninha e a cadeira.  

Postura em casa 

Por mais que pareça confortável ficar “largado no sofá”, horas a fio inclinado para frente ou deitado com o notebook no colo pode trazer sérias consequências a sua saúde. Além das dores nas costas, outros órgãos podem ser prejudicados como os rins, pulmões, estômago, etc. 

Nossas dicas para os móveis são: 

  • Use uma cadeira confortável e que promova a postura correta da coluna.  
  • Coloque o notebook numa mesa e com apoio, que o deixe na altura dos seus olhos para evitar a pressão no pescoço por manter a cabeça abaixada; 
  • Mantenha os braços apoiados numa altura confortável, e faça pausas para exercícios que ajudam a não sobrecarregar as mãos, caso digite por muito tempo;  
  • Cuidado com as pernas cruzadas. O ideal é deixar os pés firmes no chão.  
  • Faça pequenos intervalos ao longo do dia para alongar o corpo. Isso vai te ajudar a evitar dores futuras.  

Leia também: Como organizar cada cômodo 

Como trabalhar home office cuidando da mente

Neste momento atípico, ficar mais estressado, melancólico ou com receio do futuro é normal, pois nunca vivemos uma pandemia com tanta intensidade como essa, mas para que esses conflitos da mente não durem muito tempo e nem prejudiquem a sua produtividade ou relação com sua família em casa, indicamos que tenha uma rotina mais leve, organizada e tranquila.  

Programe o horário de acordar

Acordar 1 hora mais cedo do habitual contribui para que você possa ter tempo de tomar um bom banho, preparar o café da manhã e checar as tarefas do dia. Assim, é possível começar bem e mais disposto.  

Por mais que esteja em casa, não deixe para acordar em cima da hora e nem fique o tempo todo de pijama (mesmo que isso seja uma tentação), porque o seu cérebro precisa entender que é um dia comum de trabalho, e não de folga.  

Organize seus afazeres

Classifique o que precisa fazer entre urgente, reajustável e verifique, se possível, quais podem ficar para outro dia. Você não deve fazer tudo de uma vez, é importante prezar as entregas essenciais e a qualidade. 

Regras para todos da família

Estabeleça regras entre os membros da família para que não interrompam as suas atividades, principalmente se houver reuniões virtuais. É comum a gente ver situações cômicas em vídeos de profissionais em suas chamadas por vídeo, mas isso não deve acontecer para evitar constrangimentos.  

Pausas produtivas

Parar a atividade não tem nada a ver com procrastinar. Ao garantir pausas produtivas você consegue aumentar seu desempenho. Escolha pequenos momentos prazerosos como ler algo, assistir um vídeo ou simplesmente escutar uma música para relaxar.  

Organize suas refeições

Outra mudança perceptível entre trabalhar no escritório e trabalhar em casa é com relação aos horários e preparos das refeições. Para que esse momento, que deveria ser prazeroso, não seja um problema, convoque a família para ajudar na organização.  

Uma boa dica é pensar nas refeições semanais. Desse modo, você já faz as compras com os ingredientes necessários e distribui ao longo dos dias. Depois, é só escolher as receitas e quem fará o quê. Pense em cardápios simples em que as crianças possam ajudar a preparar, como lavar as frutas, legumes, separar os ingredientes etc.  

Tenha um horário de trabalho 

Estabeleça um limite de trabalho. Não é porque você está em casa que tem que trabalhar até tarde ou responder mensagens enviadas altas horas da noite. Cumpra a jornada que você foi contratado a fazer e organize suas tarefas dentro dela.   

Tire as suas folgas 

Seu contrato pode determinar a quantidade de folgas semanais que tem direito. Nesses dias, nada de querer adiantar o trabalho ou ocupar todo o seu tempo com a organização da casa. O ócio também é válido, inclusive para aguçar sua criatividade.  

Liste tudo que gosta de fazer, seus hobbies e atividades que fujam dos assuntos profissionais. Tenha tempo para conviver com as pessoas do seu lar e crie jeitos diferentes de aproveitar a companhia deles dentro de casa. 

Desconecte das tecnologias antes de dormir 

Dispense o uso do celular assim que acordar e 30 minutos antes de dormir. As novas tecnologias são viciantes, mas prejudicam a qualidade do nosso sono e atenção. Então, por mais que queira responder as mensagens, olhar as redes sociais e se conectar com a internet antes de dormir e assim que acordar, evite essa situação.  

Um artigo publicado pela USP indica que “o uso de smartphones à noite interrompe o sono e está associado a um maior desgaste e menor engajamento durante as atividades do dia seguinte”. Portanto, não deixe nada para fazer em seu celular antes de dormir.   

Não se preocupe tanto 

Não leve tudo tão a sério. Faça o seu melhor sempre, mas não deixe a pressão do dia a dia ser mais importante que a sua paz de espírito e bem-estar. 

3 Ferramentas que ajudam na produtividade  

A produtividade está diretamente relacionada à qualidade dos serviços prestados. Para você atingi-la é possível investir em algumas ferramentas práticas, simples e seguras. É válido usar a tecnologia a seu favor. Para isso, nos próximos tópicos, você confere as ferramentas que contribuem diretamente com a gestão do tempo, da equipe, dos documentos e afazeres. Desse modo, é possível otimizar seu tempo e garantir o cumprimento das suas tarefas de uma forma organizada.  

Pomodoro  

A metodologia é bem simples: basta determinar quais são suas tarefas diárias. Com um cronômetro, você foca em uma por 25 minutos. Depois, faz uma pausa de 5 minutos e a retoma por mais 25 minutos até conclui-la. Pode repetir esse processo com todas elas e identificar se esse método funciona para você. 

Atualmente, já tem o site Tomato Timer que controla o tempo e emite um aviso sonoro para indicar o fim do período de concentração e/ou o fim da pausa.  

Asana

Seja porque você está numa posição de gerenciamento de pessoas ou de executar as atividades como prestador de serviços, ter um ambiente que organizar o que cada pessoa do time fará garante a administração do tempo de uma forma muito mais equilibrada. Afinal, ninguém deseja acordar e não saber o que precisa fazer naquele dia de trabalho e ser sobrecarregado de pedidos urgentes.  

A plataforma organiza o fluxo de trabalho, as tarefas a fazer, metas e determinar quem fará o que com os prazos definidos, conforme a demonstração abaixo:  

Google Drive

Nada pior que criar um documento importante e, por algum motivo, o computador travar e você ter que refazer tudo porque não o salvou. Pensando nisso, um jeito seguro de organizar suas ideias e criar um conteúdo, seja uma apresentação, um texto ou planilhas, o Google Drive pode ser muito útil, pois salva tudo que fizer automaticamente. Para isso, basta ter uma conta Gmail para usá-lo.  

CamScanner 

 

Essa ferramenta é útil a quem não tem um equipamento para escanear em casa e precisa de algo bem prático. Para usar o CamScanner, basta baixá-lo em sua loja de aplicativos, separar o documento e tirar uma foto com ele. Depois, é só encaminhar ao interessado.  

Essa ferramenta é útil a quem não tem um equipamento para escanear em casa e precisa de algo bem prático. Para usá-lo, basta baixá-lo em sua loja de aplicativos, separa o documento e tirar uma foto pelo aplicativo, salvá-lo e encaminhar ao interessado. 

Como fica o home office pós-pandemia 

Algumas pesquisas indicam que o home office pode ser adotado definitivamente por empresas que identificaram ser uma boa opção aos seus colaboradores, no pós-pandemia.  

O  “novo normal” vai desafiar empresas de todos os portes a reavaliar seus métodos de trabalho, principalmente no que tange permitir que os colaboradores continuem seguros, produtivos e saudáveis.  

Se as empresas que você e sua família trabalham dão sinais de que pretendem manter o home office, é fundamental ter um planejamento adequado para indicar horários de reunião, e uso dos espaços. Se virar rotina, pensar em mudar para uma casa maior é uma opção a ser considerada, que proporcionará mais privacidade, concentração e execução dos seus trabalhos de um modo mais eficiente.  

Deixe uma resposta