Cerâmica, uma arte milenar

DECORAÇÃO

1200522694081618.YWRqYI0gVFZ9gxhAgjJ0_height640
1200522694081618.YWRqYI0gVFZ9gxhAgjJ0_height640

A cerâmica é uma arte que está presente no nosso dia a dia desde os primórdios da história. Uma arte que só se desenvolveu com o tempo, mas sem deixar de lado sua característica milenar de conexão, comunicação e história.

Objetos de cerâmica estão presentes no cotidiano em utensílios de cozinha, por exemplo, em pratos, travessas, canecas. Também são comuns objetos de decoração como vasos, esculturas, pratos decorativos, entre outros.

Materiais confeccionados em cerâmica possuem os mais diversos formatos, uma vez que a argila, matéria-prima das peças, tem muita plasticidade e é maleável, permitindo uma infinidade de possibilidades. Do mesmo modo, diferentes técnicas podem ser aplicadas na produção e no acabamento de uma peça, que podem ser pintadas, modeladas, vidradas em formas e desenhos variados.

Se por um lado existe uma certa simplicidade quando pensamos na cerâmica artesanal, que caracteriza a arte popular brasileira, por outro, a arte da cerâmica traz uma certa glamourização. Um dos filmes mais famosos da década de 1990 é “Ghost – Do outro lado da vida”, clássico que tem Demi Moore interpretando uma ceramista mostra um pouco disso. Ela representa uma artista que tem seu ateliê em casa. Esse filme ajudou a popularizar e atrair olhares e interesse na arte da cerâmica pelo mundo tudo. Se você ainda não viu esse filme, nós recomendamos e você pode assistir na Netflix.

Entre um objeto artesanal ou artístico, a verdade é que arte cerâmica traz consigo uma grande marca, que diz muito sobre a história da humanidade, a história da arte e a cultura dos povos.

Um pouco dessa história milenar

A arte da cerâmica está presente desde o início da civilização. Na verdade, o desenvolvimento da humanidade se confunde com o uso da cerâmica – desde o Neolítico, diversos agrupamentos humanos aprimoraram o uso da cerâmica, seja em objetos de uso cotidiano (potes, frascos e outros utensílios), objetos de uso ritual (urnas funerárias, vasos) ou objetos para construção (tijolos, telhas e calhas.

Objetos de cerâmica com mais de 7 mil anos foram encontrados em várias regiões da China, do Egito e da Mesopotâmia. A cerâmica marajoara, parte de culturas amazônicas antigas, tem objetos com mais de 3 mil anos. A Antiguidade Clássica deu à cerâmica o sinônimo de refinamento – objetos de cerâmica, desenvolvidos pelos etruscos, decoravam as casas dos gregos e dos romanos. Muitos objetos de cerâmica foram encontrados em meio às ruínas de Pompeia.

A cerâmica Chinesa desenvolveu-se de tal maneira que se tornou sinônimo de beleza e refinamento, desde a Antiguidade até os nossos dias.

A partir das viagens de Marco Polo, arte cerâmica chinesa se difunde na Europa. Além da ornamentação, também as técnicas são difundidas, e portugueses, italianos, franceses começam a produzir cerâmica de alta qualidade a partir do século XVI.

É uma trajetória fascinante que foi se espalhando pelo mundo e que se mantém viva até os dias de hoje. Se você gosta de cerâmica, então provavelmente também gosta de história. Nós recomendamos a leitura da Enciclopédia do Itaú Cultural aqui você pode se aprofundar um pouco mais no assunto!

Uma arte terapêutica

Dedicar um tempo para modelar argila não é apenas uma técnica de artesanato. A cerâmica é utilizada como uma forma de terapia, para combater o estresse, a ansiedade e a depressão, além de desenvolver o autoconhecimento e a criatividade.

A cerâmica tem sido recomendada por artistas e terapeutas, pois mexer com a argila traz relaxamento e tranquilidade, um grande bem-estar para quem utiliza de técnicas de cerâmica como atividade terapêutica. A produção de objetos em cerâmica também ajuda a concentração e a criatividade, proporcionando uma reconexão com uma atividade cultural tão antiga quanto a própria humanidade. A cerâmica permite reaprender a respeitar os tempos e os limites, uma vez que a produção de objetos em cerâmica precisa obedecer a etapas que vão da escolha do material, modelagem, tempo de secagem, processo de queima, pintura, etc. Isso pode ser aplicado à outras atividades cotidianas que necessitam de foco e concentração nas etapas.

Essa conexão consigo mesmo e com a ancestralidade foi tema de uma matéria bem interessante da revista Marie Claire, que você pode conferir neste link sobre como as nipo-brasileiras reinventam a milenar técnica japonesa.

Cerâmica e decoração

A qualidade e a diversidade da cerâmica brasileira fazem o país ser considerado um dos principais produtores mundiais de cerâmica. Na decoração, além de ser prática, também agrega sofisticação. Pode parecer mais comum nas decorações étnicas, como a cerâmica indígena da “cultura marajoara” que tem na arte da cerâmica o centro de sua produção e sempre desenvolveu diversos utensílios, como vasos, potes, brinquedos, estatuetas e urnas funerárias, eram elaborados com grande sofisticação e diversidade de formas, cores, detalhes e desenhos, de alta qualidade e beleza.

Mas a verdade é que pode ser usada em qualquer tipo de espaço e estilo, criando ambiente incríveis. É uma boa ideia para destacar um espaço da casa com um vaso de cerâmica para uma bela planta, como também vai muito bem como enfeite apenas. Do rústico ao refinado, é só uma questão de combinar com o seu estilo e o estilo da sua casa. Pode estar presente em um jogo de jantar diferente, nas esculturas espalhadas por estantes, em um prato decorativo em cima da mesa, em uma peça para pendurar na parede e tantas outras possibilidades. Seja como for, qualquer casa certamente vai ficar muito bem com algum objeto de cerâmica. Afinal, é um elemento que sempre esteve presente em nossa vida, desde aquele jogo de chá refinado, nos pratos usados cotidianamente, nos objetos decorativos vindos do rico artesanato popular, através de suas estatuetas, bonecos, “namoradeiras”, e até nos azulejos que ornam cozinhas, solares e banheiros das casas brasileiras.

Além desses objetos, peças assinadas por grandes artistas também fazem parte do universo da cerâmica. Com tanta história e importância, não há dúvida de que a cerâmica pode trazer mais vida, beleza e refinamento para nossas casas. Para te inspirar, o Design Week separou algumas artistas ceramistas brasileiros. Acessando aqui, além de conferir as peças, você pode ver também os perfis no instagram desses artistas. Uma boa pedida para seguir e acompanhar essa arte mais de perto.

Esperamos que este artigo tenha inspirado você a trazer um pouco mais de história e cultura para dentro de casa!